Mitos e verdades sobre gravatas e saúde | Como usar gravatas justas pode afetar a saúde

Alguns homens reclamam que as gravatas incomodam. Você tem um pano apertado enrolado no pescoço - isso não pode ser bom para você, certo? Neste artigo, abordarei alguns mitos e verdades sobre a saúde sobre gravatas.

Alegação: Usar uma gravata justa aumenta a pressão arterial na cabeça, aumentando o risco de um homem ter um derrame ou outros problemas.

A ciência diz: PROVAVELMENTE FALSO

Em um estudo publicado em 2011 na revista Pesquisa e tratamento de derrame, um grupo de pesquisadores construiu um aparelho de simulação de empate para ver se isso causava problemas com os reatividade cerebrovascular (certas mudanças na pressão arterial dentro da cabeça). O aparelho foi enrolado no pescoço dos homens e a pressão cerebrovascular foi examinada através de um método chamado 'índice de apneia'.



  • RESULTADO: O simulador de empate alterou um pouco a reatividade cerebrovascular (isso é ruim), mas ainda estava dentro dos limites normais (isso é bom).

CONCLUSÃO: Ter uma gravata apertada não parece causar nenhum efeito negativo na pressão arterial na cabeça.

Alegação: Usar uma gravata apertada aumenta a pressão dentro dos olhos, o que é ruim para pessoas com glaucoma.

A ciência diz: VERDADEIRO E FALSO

PARA estudo lançado em 2003 no British Journal of Ophthalmology estudou o efeito do uso de gravata na “pressão intraocular” (a pressão do fluido dentro dos globos oculares) em homens com e sem glaucoma. Eles descobriram que a pressão intraocular (PIO) aumentou em ambos os grupos de homens quando eles apertaram uma gravata. A pressão intraocular é um fator de risco para glaucoma e levantá-la artificialmente com uma gravata também pode interferir na medição da PIO.

NO ENTANTO, em 2005, outro estudo publicado no Journal of Glaucoma levou essa pesquisa um passo adiante. Eles mediram a PIO em um grupo de pacientes com glaucoma e não glaucoma antes de usar uma gravata, 3 minutos depois de apertar uma gravata, 15 minutos depois de apertar uma gravata e, a seguir, 3 minutos depois de afrouxar a gravata. Esses pesquisadores descobriram que apertar a gravata aumentou a PIO em alguns dos participantes, mas essa PIO voltou a diminuir após 15 minutos.

CONCLUSÃO: O aperto da gravata aumenta a pressão intraocular no início, mas o corpo se aclimata ao desgaste da gravata após alguns minutos e, portanto, aqueles com glaucoma não precisam evitar gravatas.

Alegação: Usar uma gravata apertada pode causar dores no pescoço e nos ombros em quem trabalha em computadores por longos períodos de tempo.

A ciência diz: VERDADEIRO

Um grupo de pesquisadores coreanos publicou um estudo em 2011 que examinou o efeito de usar uma gravata apertada em movimento do pescoço e músculos trapézios superiores (pescoço). Já se sabe que ficar sentado em frente ao computador pode causar problemas no pescoço e nos ombros - as gravatas pioram isso?

Os pesquisadores recrutaram um grupo de trabalhadores de informática (alguns com gravatas, outros sem) e mediram o amplitude de movimento em seus pescoços, bem como a intensidade com que seus músculos trapézios estavam trabalhando depois de um longo tempo trabalhando em um computador.

RESULTADOS: Gravatas apertadas reduziam a amplitude de movimento do pescoço e faziam com que os músculos trapézios trabalhassem mais.

CONCLUSÃO: Se você vai trabalhar no computador por muito tempo, afrouxe um pouco a gravata para evitar dores no pescoço e nos ombros. E não relaxe!

Alegação: Gravatas podem espalhar bactérias e doenças.

A ciência diz: VERDADEIRO

Esta foi uma pergunta importante para responder porque médicos que usam gravatas não protegidas podem espalhar bactérias involuntariamente. Portanto, essa questão tem sido estudada em diversos experimentos nas últimas décadas.

Por exemplo, um estudo divulgado em 2012 no Journal of Hospital Infection examinou se gravatas e mangas compridas transmitiam bactérias.

  • Certa bactéria relativamente inofensiva foi cultivada e então esfregada nas gravatas e mangas dos médicos (curtas e longas). Em seguida, os médicos fizeram exames de rotina de “pacientes” simulados (manequins em leitos de hospital), e esses “pacientes” foram verificados para ver se a bactéria havia se espalhado.

RESULTADOS: O comprimento da manga não afetou a disseminação da bactéria. No entanto, médicos com laços não protegidos espalham a bactéria por toda parte.

CONCLUSÃO: Se você tem um trabalho que envolve risco de infecção bacteriana, considere usar uma gravata borboleta - ou nenhuma gravata.

Referências

Rafferty, M., Quinn, T. J., Dawson, J., & Walters, M. (2011). Gravatas e reatividade cerebrovascular em jovens do sexo masculino: Um estudo piloto cruzado randomizado. Pesquisa e tratamento de derrame, 2011, 1-4. Ligação: http://www.researchgate.net/

Talty, P., & O'Brien, P. D. (2005). O uso prolongado de uma gravata justa causa aumento da pressão intraocular? Journal of Glaucoma, 14(6), 508-510. Ligação: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/16276286

Teng, C., Gurses-Ozden, R., Liebmann, J.M., Tello, C., & Ritch, R. (2003). Efeito de uma gravata apertada na pressão intraocular. British Journal of Opthalmology, 87(8), 946-948. Ligação: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC1771792/

Weber, R. L., Khan, P. D., Fader, R. C., & Weber, R. A. (2012). Estudo prospectivo sobre o efeito de mangas de camisa e gravatas na transmissão de bactérias aos pacientes. Journal of Hospital Infection, 80, 252-254. Ligação: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/22305288

Yoo, I., Kim, M., & Yoo, W. (2011). Efeitos do uso de uma gravata justa na amplitude de movimento cervical e na atividade do músculo trapézio superior durante o trabalho no computador. Trabalho, 39, 261-266. Ligação: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/21709362